Astrakan 79

Catarina Mourão

Hybrid / HD, 16mm / 63' / 2023

Martim recorda hoje, aos 58 anos, a estadia de um ano e meio na União Soviética em 1979. Tinha 15 anos e era um miúdo “inocente”. Os pais, militantes do Partido Comunista, achavam que ele ia para um sítio seguro, uma sociedade que cumpria com todos os seus ideais. Martim viajou para Moscovo, atravessou de comboio o delta do Volga até Astrakan numa viagem iniciática. Apaixonou-se várias vezes, largou os estudos, tornou-se clandestino. O ideal comunista incutido pelos pais foi-o perdendo pelo caminho. Quarenta anos depois, Martim decide, neste filme, contar pela primeira vez esta história ao seu filho, uma história que foi sempre um tabu de família.


Com Martim Santa Rita, Masari, Mateus M Santa Rita Realização Catarina Mourão DIRECÇÃO DE FOTOGRAFIA E CORRECÇÃO DE COR Paulo Menezes aip Som Armanda Carvalho Montagem Pedro Mateus Duarte Direcção de Produção João Gusmão ASSISTÊNCIA DE REALIZAÇÃO Vasco Costa, Francisca Alarcão Chefe de Produção Anastassia Kortsinskaja Montagem de Som e Mistura Hugo Leitão Design Francisca Alarcão

Parceiros

Co-produção Laranja Azul

Prémios

Melhor Realização - IndieLisboa, Portugal'23
Prémio Jean-Loup Passek, Melhor Documentário Português - MDOC, Portugal'23

Festivais

Visions du Réel, Suiça'23
IndieLisboa, Portugal'23
MDOC, Portugal'23
FIDBA- Festival Internacional de Cine Documental de Buenos Aires, Argentina'23
DjarFogo, Cabo Verde'23
Porto / Post / Doc, Portugal'23
Midbo - Muestra Internacional Documental de Bogotá, Colombia'23
Macao International Documentary Film Festival, China'23
DocPoint Helsinki, Finlândia'23
Panorama Internacional Coisa de Cinema, Brasil'24